Funcionamento das Estações Cidadania – Cultura

Desde 2015 a Coordenação-Geral de Gestão de Equipamentos realiza pesquisas online com as Estações Cidadania – Cultura inauguradas, visando conhecer o funcionamento e a gestão dos equipamentos e identificar boas práticas, desafios e dificuldades.

Os resultados são analisados sob dois enfoques: 1) indicadores de gestão; e 2) indicadores de risco. Na primeira análise – indicadores de gestão – as respostas dos municípios recebem pontuação com base em parâmetros de gestão esperados ou inovadores, ou seja, práticas que acreditamos que devem ser aplicadas rotineiramente nas Estações Cidadania – Cultura, bem como inovações implementadas. Já na segunda análise – indicadores de risco – as respostas dos municípios recebem pontuação de acordo com a presença de situações consideradas impróprias para o pleno funcionamento das Praças, podendo comprometer, direta ou indiretamente, o funcionamento e a gestão da Estação Cidadania – Cultura no presente ou no médio/longo prazo. Os resultados dessa análise são encaminhados individualmente para cada Praça, juntamente com sugestões para enfrentamento dos desafios.

Confira aqui os principais dados gerais das pesquisas já realizadas.

Pesquisa 2015

Pesquisa 2016

Pesquisa 2017

Pesquisa 2018

Nota: As fotos das apresentações foram coletadas nas páginas de Facebook das Praças ou do sistema epracas.cultura.gov.br, sendo de autoria das Prefeituras Municipais. Também há fotos de autoria da Equipe SEINFRA e da consultora Hingridy Fassarella